boddika – acid jackson/basement (2012, swamp 81)

through virtue of his unique and almost inexplicable influence on the dubstep community, boddika introduces bass-addicted cock jockeys to the wonders of the screaming 303. and the raw, unholy power of the relentless 808 cowbell. highly recommended!!!

alienwares and laser-guided stares, “swamped” in 808 subs the size of the moon. out on swamp81

collateral – try again (aaliyah cover)

this is cover of aaliyah’s “try again” by parisian synth-wave trio collateral.
get a link to download the song for free by “liking” collateral’s fanpage on facebook.
collateral debut 12″ will be released in april on desire records.

also, deserving a premium place in materializada blog hub is desire records, for their ‘extra polished’ catalogue and owner sympathy on a latest buy (in case you’re wondering).
thanks jerome and keep us posted with the good news.

adotei um (grande) gadget

qual foi o gadget mais rapidamente adotado nos eua, nos ultimos 50 anos? muito provavelmente tem um logo de uma maça em cima, certo? -Nop.
a boombox entrou na vida dos americanos muito mais rapido que o iphone, wii, ou o walkman.
pessoalmente sempre adorei a ideia de ver pessoas a “explodir” a sua música e a forçar a sua arte de forma libertina aos ouvidos dos outros.

“it’s the boombox. the boombox. this startling revelation was brought to light in a paper in the journal of management and marketing research…for a little context, not only did it beat out the cellphone and the desktop computer but also every other variety of mobile music devices, of which i think we can all agree, the boombox is by far the least efficient and the most annoying.” – geekosystem.com

mais info: geekosystem article

se és amante da ‘pequenas’ caixas não te esqueças de visitar o ghettoblaster flickr group.
se és adepto dos melhores e mais modernos avanços do som portátil, então estás à procura da jambox ou do tdk three speaker boombox.

fuck yeah brutalism

presentemente já conta com mais de 500 ‘posts’ de devoção à arquitetura bête noire. e como se trata de um tumblr, a única grande referência na qual se apoia é o nome: Fuck Yeah Brutalism.

supera as inumeras mostras semelhantes pela sua própria integridade estética, usando em grande parte das apresentações fotos vintage. o sitio dispõe de uma pesquisa internacional muito abrangente, e completa com desenhos e modelos de projectos não realizados.

tudo isto era de esperar, ou não fosse o mentor do projeto, um docente da kent state university; architectural design & theory.

lugar de destaque no materializada blog hub, e aconselha-se a visita regular.

yay goodies

fiorious, é raymond fiore. o nova-iorquino/italiano, acaba de lançar o seu primeiro lp e com direito a download gratuito, ainda que por tempo limitado e através da sua página web.
para quem não conhece, este é o senhor que nos deixou extasiados com a edição, no ano transacto, de “i’m in love with a german film star”, cujo videoclip foi dirigido por francesco calabrese, conhecido pelos seus trabalhos como “warp” de the bloody beetroots feat. steve aoki, ou “too young to love” de frozen fields, entre outros.

nos 33 minutos que dura o seu lp, podemos escutar a sua versão mais pop e soul, com nuances new wave, electro e mesmo house. esperamos a versão fisica, que nos dá a escolher entre o cd, uma t-shirt + cd e uma edição limitada com o cd autografado + t-shirt + bolsa + poster + cartão vip (exclusivo). todos eles incluem uma descarga da edição digital de luxo com um total de 27 temas. aqui fica o seu ultimo vídeo “7 steps” e o widget do soundclod para que possa escutar o album antes de o descarregar.
a materializada simpatiza muito com os artistas que tanto partilham por isso, nota 10 para fiorious.

enola – slowotion (nhar remix)

enola came to us with slow motion featuring the vocals of will caulfield. its something different for enola, and something different for us…

on the flip side, nhar, the other half of correspondant turns the darkness into light with for me, his best remix to date. if the original is for 5 am, nhars remix is for 5pm, when the sun still shines and its warmth still remains.
jennifer